Shell Iniciativa Jovem

10 coisas que aprendi participando do programa de pré aceleração- Shell Iniciativa Jovem

19/02/2019

Tudo começou no início do ano de 2018 quando eu estava em um dia de insônia criativa rolando o feed do facebook e vi o seguinte anúncio: "Programa de Pré Aceleração Shell Iniciativa Jovem" e lá fui eu clicar...e foi aí que o meu ano de 2018 se tornou mais especial quando comecei a participar desse processo e aí eu venho aqui compartilhar a minha perspectiva sobre o programa e também te motivar a participar de um programa como esse.

  1. Entenda as regras do jogo - Procure entender do que se trata o programa que você está se inscrevendo, leia o regulamento e descubra se há alguma restrição do tipo idade limite ou se a sua empresa já precisa estar gerando lucro. Entender essa fase inicial é essencial e faz toda a diferença. Por exemplo, no Programa Shell Iniciativa Jovem a idade limite era de 34 anos e eu já estava quase lá...Ou seja, ou eu entrava, ou eu entrava!
  2. Não subestime o potencial da sua empresa/ideia - Muitas pessoas acham que para participar de um programa como esse você já precisa estar com o negócio rodando e nadando em rios de moedas como no cofre do Tio Patinhas (seria meu sonho?), mas não é assim que a coisa funciona. O que eles avaliam são se o negócio possui um potencial de mercado ou não. Muitas vezes nós empreendedores estamos tão imersos no nosso negócio que não conseguimos enxergar além.
  3. Não seja empreendedor(a) de palco - Programas como esse avaliam o seu negócio mas também avaliam o(a) empreendedor(a). Não seja daquelas pessoas que tem um ótimo discurso mas zero atitude e não promete o que cumpre. Isso não vai te levar a lugar nenhum. Seja você, com as suas qualidades, defeitos, pontos fortes e pontos fracos. Seja você na sua melhor versão. Se você for aprovado(a) no processo de triagem você será chamado(a) para uma entrevista. Vai por mim, a banca vai descobrir se você estiver mentindo sobre você. Então, evita né...Seja verdadeiro(a) antes de tudo com você mesmo(a).
  4. Converse com as pessoas - Se você passar no processo de entrevista, você será convocado(a) para os 3 dias mais intensos da sua vida. A Semana chamada Live Wire Weekend. Onde você e provavelmente mais de 100 pessoas participaram de 3 dias com instruções e dinâmicas. Não vou dar spoiller aqui porque né...Melhor deixar a surpresa pra você...Mas vá de coração e mente aberta. Comece a fazer conexões, entender quais empresas que estão por ali, de repente já sai alguma conexão incrível!
  5. Prepare-se - Acho que se eu pudesse dar apenas uma dica, seria essa! Esteja preparado pra tudo. Pra falar do seu negócio para desconhecidos, para mostrar às pessoas que você é a melhor pessoa para tocar a sua empresa, prepare-se para o imprevisto, prepare uma apresentação. Enfim...prepare-se!
  6. Entre de cabeça - Se você for aprovado(a) você vai começar a participar das oficinas. E olha, tenta não faltar. Primeiro porque você vai perder muito conteúdo interessante e de graçaaaaaaa e segundo porque você pode ser convidado(a) a se retirar do programa. Justo né? Você entrou para um programa de pré aceleração gratuito e não vai dar valor? Imagina quantas pessoas ficaram de fora e gostariam de estar no seu lugar? Não seja essa pessoa que entra nos programas só pra "ver como você está no mercado". Não seja essa pessoa. Quando eu recebi o e-mail dizendo que tinha sido selecionada eu prometi pra mim mesma que me doaria e faria de tudo para concluir o programa e receber o Selo de Empreendimento Sustentável.
  7. Aprenda a ouvir - Durante o programa você receberá tutorias e mentorias com profissionais capacitados do mercado das mais diversas áreas e ouça o que eles tem a dizer. A minha tutora (beijo Elis) eu a apelidei de Capitã Nascimento...Hahahhaha. Imagina uma pessoa que fala as verdades que você precisa mas no fundo você não queria escutar? Essa era a minha tutora...Levei umas "porradas", confesso, mas foram as melhores "porradas". Precisava levar um choque de realidade e ouvir: "Gaby, você não é a Madre Teresa de Calcutá, você é empresária. Pare de fazer caridade".
  8. Não procrastine - Durante todo o programa você vai precisar preencher um plano de negócios da sua empresa ou da sua ideia e cada entrega possui um prazo. Vai por mim, não deixe pra última hora é muita coisa pra pensar, é muita conta pra fazer, é muita coisa pra escrever.
  9. Acredite até o fim no seu negócio - O meu negócio era o único negócio de turismo em um meio de projetos tecnológicos, bitcoins e com uma pegada social muito maior que a minha empresa tem. Mas eu acreditei, eu dei o meu melhor e o resultado veio. Em meio à plataformas digitais, apps, bitcoins e robôs a Sou+Carioca, uma empresa de turismo no Rio de Janeiro, foi uma das empresas destaque do Programa e recebeu um capital semente. Foram 10 empresas premiadas no meio de quase 50 empresas e pra mim foi motivo de orgulho subir ao palco e poder dizer que "os humilhados foram exaltados."
  10. Não desista, insista - Vai ser um processo longo e às vezes você vai pensar em desistir e se perguntar: "vale a pena?" e eu já te dou a resposta: Vale a pena sim. Participar de um programa como o Shell Iniciativa Jovem faz você refletir no seu negócio de uma forma que você ainda não tinha parado pra pensar. As pessoas que você conhece, a rede que é formada, isso você vai levar pra vida toda. Eu hoje consigo me ver como empresária mesmo às vezes a Madre Teresa de Calcutá que habita em mim queira vir a tona. Ter participado desse programa foi uma das melhores decisões que eu tive em 2018.

Se você ficou curioso(a) em saber mais sobre o Programa, saiba que as inscrições para 2019 estão abertas, mas encerram em pouco tempo.

Clique aqui para saber mais.

 

Texto originalmente publicado aqui.

Autor: Gabriela Palma, fundadora da Sou + Carioca