Shell Iniciativa Jovem

Edital de Energia tem aula inaugural sobre as tendências do setor

02/09/2019

No dia 1 e agosto ocorreu na sede do CIEDS a aula inaugural do Edital de Energia e Cidades Inteligentes do Shell Iniciativa Jovem. Na ocasião, Monique Gonçalves, Gerente de Estratégia e Planejamento na área de Relações Governamentais da Shell Brasil, discorreu sobre sua vasta experiência no setor de Oléo e Gás. Em sua função, Monique é responsável por coordenar o Programa de Transição Energética da Shell Brasil e relacionamento com governo e stakeholders nessa área.

A palestra, que foi transmitida em tempo real para vários estados e contou com a participação virtual de 10 empreendedores selecionados nas bancas de avaliação do Edital de Energia do Iniciativa Jovem, criteriosamente selecionados por especialistas renomados das áreas de energia e cidades inteligentes.

Foram apresentados temas cruciais relacionados à crescente demanda de novas fontes energéticas. Em 2050, estima-se que a energia solar pode emergir como fonte primária de energia dominante, porém a necessidade de óleo e gás continuará existindo onde a substituição é mais difícil. Além disso, a população no mesmo ano chegará a 10 bilhões com cerca de 68 % da população vivendo em cidades segundo relatório das Nações Unidas, o que exigirá medidas efetivas para estímulo do uso de energias renováveis.

Para finalizar seu discurso, Monique ainda apresentou o papel da Shell na transição de um mundo de baixo carbono: Investimentos em novas energias, uso maior de energias renováveis, como a eólica, os avanços na tecnologia de CCS (Carbon Capture and Storage), que pode capturar até 90% das emissões de carbono produzidas pelo uso de combustíveis fósseis, investimentos em pesquisa e desenvolvimento em tecnologias alternativas de baixo carbono, apoio a precificação do carbono, além da coalizão e relacionamento com governos para debater o tema.

Autor: Gabriel Castro