Shell Iniciativa Jovem

Campus Party: Futuro tecnológico e empreendedorismo de futuro

26/02/2019

Tradicionalmente, todo ano a Campus Party não traz somente games para a cidade de São Paulo, mas também oficinas, palestras e debates sobre o que tem de mais novo na área tecnológica. Desde grupos e instituições voltadas para a tecnologia vista sob uma ótica da reciclagem e reutilização, como a Greenk, e também os grandes conglomerados da tecnologia.

Na edição de 2019 a grande estrela foi o engenheiro da NASA, Ivair Gontijo. Mas houve espaço para o empreendedorismo: Nina Silva, uma das fundadoras do movimento Black Money palestrou falando tanto do futuro das profissões, bem como a inclusão dos negros no mercado e na economia. Falou também sobre a fintech que sairá de dentro da empresa: o D’Black Bank, negócio voltado para garantir créditos para negros. Ela defendeu também que os robôs não tomarão os espaços dos seres humanos. Os seres humanos serão essenciais para que os robôs não reproduzam preconceitos.

E falando de empreendedorismo e emprego, é importante dizer que neste ano a Campus Party teve um espaço voltado somente para palestras e orientação de carreira da área tecnológica: o espaço Campus Job. Nele ocorreram palestras para empreendedores, aspirantes que desejam trabalhar na área tecnológica e construir uma carreira numa área do futuro.

O CIEDS participou da feira também! Por meio de articulação entre o CIEDS e a Agência Solano Trindade foram disponibilizados 27 ingressos para jovens monitores culturais e parceiros.

O Programa Jovem Monitor/a Cultural é uma política pública de formação e experimentação em gestão cultural, que oferece a 300 jovens a oportunidade de atuar em um dos 102 equipamentos públicos de cultura da cidade de São Paulo. O programa é realizado pela Secretaria Municipal de Cultura em parceria com o CIEDS.

Ser um campuseiro, como chamam carinhosamente aqueles que participam da Campus Party, é também uma chance de expandir os conhecimentos e aplicar na nossa vida. O Leonardo, que atua na Casa de Cultura São Rafael, sintetiza: “Tudo é um aprendizado. Aprender algo novo, principalmente com cultura, contribui não só como jovem monitor, mas também como cidadão”.

E se falamos de empreendedorismo também falamos de Shell Iniciativa Jovem. A empreendedora Gabriella Castro, do empreendimento Télos, esteve presente na feira e fez diversos stories para os seguidores do Programa no Instagram. Se você já nos segue nas redes sociais, você deve ter visto um pouco da feira com a participação da nossa empreendedora selada. Se não, nos siga: no Instagram e no Facebook. Assim você não perde nenhuma novidade!

Autor: Igor Lopes