Shell Iniciativa Jovem

Edital de Energia seleciona 10 empreendimentos para serem acelerados

30/08/2018

Foi dada a largada para o Edital de Energia Shell Iniciativa Jovem! Com 80 inscrições vindas de todo o Brasil, os 20 empreendedores melhor avaliados no Edital de Energia foram convidados para participar de um workshop de pitch no último dia 17, facilitado por Luiz Felipe Grossi, coordenador dos Programas Shell Iniciativa Jovem e Iniciativa de Energia. Diferentemente do Programa Shell Iniciativa Jovem, a Iniciativa de Energia focou em negócios mais estruturados e voltados para os segmentos de energia e smart cities.

O workshop foi uma preparação para a banca de seleção que aconteceu no dia 20. Os empreendedores apresentaram seus negócios a 4 avaliadores, Leíse Duarte da Shell Brasil, Dina Rosman da Enel Brasil, Henrique Drumond da Insolar e Marcio Rolla, consultor e facilitador do Shell Iniciativa Jovem e os melhores garantiram vaga na aceleração.

Os 10 empreendimentos que mais se destacaram foram selecionados para o Edital de Energia e os 5 primeiros lugares receberam um capital semente de R$ 5.000,00 cada. No final do Programa, o empreendedor que mais tiver desenvolvido o seu negócio, leva para casa um prêmio no valor de R$ 15.000,00 para continuar investindo em sua startup.

Agora é a sua vez de conhecer um pouco mais dos negócios selecionados!

1º - Jean Diniz | Solarview | Belo Horizonte

Propõe um sistema de monitoramento universal das indústrias fotovoltaicas. Apresenta o engenheiro virtual fotovoltaico. É um pacote de serviços que oferece integração de dados aos instaladores para melhorar seu gerenciamento e muitos benefícios para os proprietários de PV. Como Energy Reports (para geração e consumo), alarmes, gerenciamento Solarcoin, gerenciamento de "net metering" ou "feed in tariff", auditoria de faturamento de serviços públicos e muito mais.

2º - Lucas da Silva | Hubz O&G | Rio de Janeiro

Utiliza energia hidrelétrica dos rios e oceanos sem a necessidade de inundar áreas adjacentes. O mecanismo usa diferentes hélices para gerar energia.

3º - Rosana Corrêa | Enguia | Rio de Janeiro

É uma plataforma web responsiva desenvolvida para levar a eficiência energética a quem não pode ter experiência em qualidade. Fornece Plano de Redução de Energia Personalizado, onde são apresentadas dicas personalizadas sobre medidas de eficiência energética, com seus respectivos custos de implementação, economia (em $ e kW) e tempo de retorno do investimento (ROI).

4º - Felipe Santos | Floresta do Paraná | Curitiba

Propõe a utilização da lasca de madeira como biomassa que não seria utilizada por nenhuma indústria, para gerar energia através da combustão.

5º - Pablo D'Ornellas | Solfortes Engenharia Sustentável | Rio de Janeiro

Fornece sistema fotovoltaico com preço acessível.

6º - Ricardo Lima | Nanomonitoring | Rio de Janeiro

Utiliza BI e Big Data para criar uma manutenção inteligente e preventiva em estruturas offshore. Ele usa sistemas de lógica difusa e algoritmos genéticos específicos para fazer um monitoramento perfeito das estruturas.

7º - Antonio Martins | Cinetics Energy | São Mateus

Usa energia cinética gerada pelo movimento de veículos para reduzir a necessidade de combustível por si só.

8º - Gustavo Amorim | Fotovoltaica Soluções | Rio de Janeiro

É uma empresa fotovoltaica que garante uma abordagem diferenciada aos clientes. Ele não apenas vende e monta os sistemas, mas também dá conselhos aos clientes.

9º - Enylton Machado Coelho | Eyllo | Rio de Janeiro

Trabalha diretamente com as indústrias. Fornecendo óculos acessíveis e inteligentes para aumentar a produtividade e reduzir possíveis erros durante as operações.

10º - Elias Duarte | Plantando Ideias | Rio de Janeiro

Orientado para o social, tem um sistema fotovoltaico usado para irrigar hortas urbanas. Desta forma, pode promover uma melhor agricultura para áreas carentes.

Durante 5 meses, os empreendedores participarão de rodadas de negócios, receberão tutorias, mentorias e oficinas gerenciais para alavancarem suas startups, tais como Automatização de Processos, Desenvolvimento Ágil, Design Thinking, entre outras. Ao final, os empreendimentos aprovados na Banca de Auditoria levam para casa o Selo de Empreendimento Sustentável e ainda entram para a Rede de Empreendimentos Sustentáveis, que hoje conta com mais de 120 empresas ativas.

E se você quer conhecer de perto esses e os empreendimentos do Shell Iniciativa Jovem, já marque na agenda: no dia 5 de novembro haverá uma Feira de Negócios aberta ao público e gratuita no Museu do Amanhã. Lá os empreendedores apresentarem suas startups e negócios desenvolvidos durante o Programa. 

Autor: Nicole Fournier