Shell Iniciativa Jovem

Empreendedores do Shell Iniciativa Jovem recebem executivos da Shell

24/08/2017

“Inovação é a ideia que funciona”, foi com essa frase que Régis Assao, executivo da Shell, abriu a palestra da noite de 17 de agosto para os empreendedores do Shell Iniciativa Jovem. Régis Assao é formado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e mestre em Engenharia Mecânica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Hoje, atua como Diretor de Parcerias da área de Pesquisa e Desenvolvimento da Shell e também é co-fundador da Inova Ventures Participações S.A. (IVP), fundo de investimento semente com foco em startups de tecnologia na região de Campinas, em São Paulo.

Murilo Medeiros também integrou o time de palestrantes da noite. Ele é geólogo formado pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), com oito anos de experiência na indústria de Óleo e Gás. Atualmente, trabalha na área de Aprimoramento e Recuperação de Petróleo da Shell. O evento ainda contou com a presença de Fabio Muller, Diretor Executivo do CIEDS.

Murilo começou explicando um pouco sobre a história da Shell, desde seu início até os dias de hoje. Ele falou sobre as perspectivas de futuro da empresa, seus próximos passos e sobre as diversas inovações positivas que têm sido implementadas na geração de energia. Murilo também apresentou números reais que provavam como é importante sempre trazer novidades e aprimoramentos para todas as áreas. Há alguns anos, um poço de petróleo, por exemplo, levava 300 dias para ser explorado e cada dia de exploração tinha um custo de US$1 milhão. A busca por inovação no processo, bem como o incentivo a pesquisas e estudos, levou a uma redução no número desses dias, que chegou a 90. Uma melhora que diminui os custos em US$210 milhões. Nada mal, não é?

Já Régis focou um pouco mais na inovação em negócios. Ele apresentou alguns cases e trouxe para a realidade dos empreendedores ideias de como inovar nos mais diferentes segmentos do mercado. Régis também desmistificou a ideia de que inovação só ocorre quando atrelada à tecnologia e instigou os empreendedores a pensarem fora da caixa e fugirem do óbvio.

Posteriormente, foi a vez dos empreendedores exporem suas ideias de negócio apresentando algum tipo de inovação agregada. Um por um, eles fizeram pitchs de até dois minutos vendendo seus negócios para todos que estavam no evento.  Foi um momento muito rico de troca, em que os participantes do Shell Iniciativa Jovem puderam conhecer mais afundo os empreendimentos dos seus colegas, e também puderam receber dicas dos executivos da Shell, do Diretor Executivo do CIEDS e da equipe do Shell LiveWIRE Brasil acerca de suas iniciativas.

O encontro serviu para os empreendedores olharem para a “inovação” sem medo e desapegarem da ideia de inovação como sinônimo de tecnologia. Os colaboradores ali presentes também puderam enriquecer os participantes com percepções diferentes sobre seus negócios, sugeriram outras formas deles apresentarem suas ideias e destacaram elementos importantes que devem ser mencionados para um pitch de sucesso.