Shell Iniciativa Jovem

O olhar empreendedor na Conferência .Futuro Rio

01/08/2019

No dia 5 de junho, em frente a uma vista de tirar o fôlego da Baía de Guanabara, ocorreu o evento “.Futuro Rio”. Uma conferência que reuniu diferentes players do mercado tecnológico que compartilharam durante todo o dia o que o futuro nos reserva.

Foram palestras que abordaram desde o impacto que a universidade tem na vida dos profissionais até o desenvolvimento de sangue sintético. Um dos temas abordados foi sobre “como as nossas interações sociais vem se modificando por meio de novas tecnologias”. Acreditamos que temos o controle das nossas emoções e desejos, mas na verdade estamos sendo muitas vezes controlados pelos aplicativos. A privacidade não existe mais, nossos dados estão em todas as mídias e disponíveis em locais que nem imaginamos. Existe um novo modelo de comportamento social e utilizamos cada vez mais o digital em atividades cotidianas. Os aplicativos agora possuem duas funções: nos monitorar e entreter.

O que mais me chamou a atenção foram as palestras sobre pesquisas científicas e o impacto que elas produzem. A empresa Stefanini falou sobre tecnologias futuristas que poderiam aumentar as habilidades humanas. Como por exemplo, a adoção de um chip cerebral e o sangue sintético que teoricamente melhorariam diversas funções humanas.  A inteligência artificial permeou todas as palestras de diferentes formas.


Foram expostos exemplos de como ela pode ser utilizada para maximizar análises dentro de uma empresa, achar o funcionário ideal e até ensinar alunos sobre problemas complexos.

Os recursos humanos também estão sendo modificados pelas novas tendências tecnológicas que geram novas relações de trabalho. Essas novas relações exigem uma nova postura da gestão, principalmente com as novas gerações que estão mais alinhadas a esse novo modelo.

No evento, também havia demonstrações de simuladores de realidade aumentada, aparelhos de energia alternativa, uma exposição bem inusitada que reunia quadros com fotografias de componentes eletrônicos, como placas e hardwares que pareciam verdadeiras cidades. 

A conferência abordou o futuro da tecnologia e como nós temos que estar preparados para caminhar junto com ele. Esses avanços tecnológicos estão diretamente ligados à plataforma que estou desenvolvendo no Shell Iniciativa Jovem que é um Marketplace focado em produtos feitos por afro empreendedores.  O meu desafio é entender as novas tendências do mercado e como elas afetarão o meu negócio. 

Estudar as novidades tecnológicas fará parte da vida de todos que querem empreender na área de tecnologia.  A conferência mostrou que o empreendedorismo está em tudo e vai além de criar o próprio negócio.  Ter um pensamento empreendedor, dinâmico e com o espírito de liderança beneficia pessoas em diferentes espaços, tanto criando suas próprias empresas quanto trabalhando em grandes corporações.

 

Autor: Midian Brandão