Inovação Shell

Empreendedorismo feminismo como transformação social

Por Shel Iniciativa Jovem em 04/04/2022

A AVENSA – Centro de Acessos Vasculares, criado pela médica Ana Ventorini Salomon, foi um dos vencedores do Prêmio Shell Iniciativa Jovem 2021

 

O mês de março é lembrado como o mês das mulheres, data que marca a importância e o debate sobre os avanços políticos e sociais conquistados por e para mulheres. Mulheres que são mães, jovens e muitas delas responsáveis pelo sustento da casa e dos filhos. 

 

O Brasil é o sétimo país com o maior número de mulheres empreendedoras no mundo. Dos 52 milhões de empreendedores no país, 30 milhões (48%) são mulheres, segundo dados do Global Entrepreneurship Monitor 2020 (GEM), principal pesquisa sobre empreendedorismo do mundo.

 

No Prêmio Shell Iniciativa Jovem 2021, boa parte dos empreendimentos vencedores são liderados por mulheres, como a AVENSA Centro de Acessos Vasculares. 

 

A AVENSA – Centro de Acessos Vasculares é um projeto que tem como objetivo transformar a qualidade e a perspectiva de vida dos pacientes com doença renal. O empreendimento contribui para transformar a vida do paciente renal crônico através do cuidado integral, desde a fase inicial da doença até a realização de acessos para hemodiálise e preparo para o transplante renal. 

 

Ana encontrou a motivação para realizar o projeto da paixão em trabalhar com pacientes que têm doença renal crônica. “Aqui no brasil, esses pacientes têm pouco acesso à saúde. Mesmo com o esforço do governo que gasta mais de 2 bilhões de reais por ano com pacientes que fazem diálise, totalizando mais 140.000 em diálise em todo país, ainda temos mais de 10 milhões de pessoas com doença renal crônica no Brasil”, aponta Ana. 

 

“Os números são impressionantes, mas infelizmente não temos nenhuma atenção voltada para o acompanhamento desses pacientes, então, juntando a necessidade e sofrimento deles que eu acompanhava no meu dia a dia, resolvi desenvolver a AVENSA. A empresa está desenvolvendo uma linha de cuidado para pacientes renais, para fazer o acompanhamento deles do início da doença, ou até mesmo retardando o início da diálise e quando necessária, prepara o paciente da melhor forma possível, além de incentivar o transplante renal”, explica Ana.

Ana Ventorini – Criadora da AVENSA – Centro de Acessos Vasculares

 

Com isso, a AVENSA consegue dar acesso a saúde a esses pacientes e diminui custos do estado com a prevenção da progressão da doença. Para Ana Ventorini, participar do Shell Iniciativa Jovem foi uma experiência inesperada, e ao mesmo tempo fundamental para a evolução do projeto. 

 

“Eu nunca tive contato com o empreendedorismo, mas sempre tive interesse, sempre gostei de resolver problemas. Então, em 2020 comecei a procurar programas, e em janeiro me inscrevi no IJ, não sabia no que iria dar, mas foi uma experiência incrível, aprendi muito e acabei sendo premiada. Não foi fácil, porque fiz junto com meu último ano de residência médica, trabalhava de manhã e voltava correndo a noite para casa para assistir as monitorias, consultorias, meus dias começavam às 6h e acabavam às 22h”, comenta Ana.

 

Hoje, a AVENSA já colhe os frutos da participação pelo Shell Iniciativa Jovem. “Após a rede de networking que fizemos no IJ, consegui um sócio para me ajudar e estamos buscando mais investimentos para o desenvolvimento tecnológico do projeto”, afirma Ana.

 

“Sem o IJ não conseguiria ter fundamentado tão bem a ideia do projeto. Com ele aprendi muito sobre empreendedorismo e estou conseguindo tirar minha ideia do papel! Então, mulheres, se vocês tem um sonho, corram atrás, não deixem ninguém dizer não para vocês! O mundo é o limite e estamos aqui para conquistá-lo! Persistência e consistência levam a gente a lugares inimagináveis”, finaliza.